Publicidade
Opinião MKT

MKT Profissões | Pesquisa Esportiva: José Colagrossi – IBOPE Repucom

Especial do MKTEsportivo trará detalhes de cargos dentro da indústria do esporte que profissionais poderão ocupar

4 out, 2016 Escrito por MKT Esportivo

Muitos leitores do MKTEsportivo enviam mensagens através das redes sociais e e-mail nos indagando sobre o que é trabalhar com marketing esportivo, as oportunidades que o mercado brasileiro oferece e quais os melhores caminhos para conseguir inserção.

Cientes que temos um amplo formado por jovens, estudantes e que buscam a oportunidade citada, desenvolvemos um especial sobre cargos que possivelmente poderão ocupar na indústria. A especialização será sempre um importante passo, mas diante de um mercado ainda muito restrito, se faz necessário conhecer profissionais que possam dar o primeiro empurrão.

Para começar com o pé direito, conversamos com José Colagrossi, Diretor-Executivo da Ibope REPUCOM, que nos apresentou detalhes do seu trabalho dentro de uma empresa de pesquisa esportiva. Entre outros temas, Colagrossi abordou as características que um profissional deste ramo deve ter e desafios que ele encontra no seu dia a dia.

Nas próximas semanas, novos temas e profissionais trarão suas experiências. Esperamos contribuir para que nossos leitores possam definir qual real papel desejam desempenhar ao conquistar o tão sonhado espaço.

 

O que é trabalhar com pesquisa esportiva?

José Colagrossi: Trabalhar com pesquisa demanda algumas funções-padrão, e a pesquisa esportiva não seria diferente.

Uma das principais é a busca constante por informações estratégicas e relevantes para os clientes, através da aplicação de diferentes metodologias de pesquisa.

As diferentes necessidades são respondidas com projetos muitas vezes customizados, o que exige além do conhecimento em pesquisa, também o conhecimento do nicho de atuação do cliente, sejam clubes, patrocinadores, federações, atletas/celebridades e detentores de direitos de eventos.

 

Atributos e aptidões necessárias para um profissional desta área

Além da formação desejável em administração, publicidade, jornalismo, marketing, ciências sociais e afins, o profissional deve ser um curioso nato, e muito antenado com todo tipo de inovação e tendências, sobretudo tecnológicas e comportamentais, fundamentais para o entendimento das mudanças e evoluções dos hábitos dos fãs de esporte.

As pesquisas, por sua vez, possuem diferentes tipos e metodologias, portanto é desejável um conhecimento razoável sobre metodologias de pesquisa. E, por fim, a capacidade analítica e familiaridade com números é essencial para o bom desenvolvimento dos trabalhos e geração dos insights.

UbiSurvey-Case

Desafios de se trabalhar com pesquisa dentro do mercado esportivo

Um dos principais desafios é o momento de amadurecimento da cultura e profissionalização da gestão do futebol, que cada a dia vem dando mais importância às pesquisas esportivas para auxiliar na tomada de decisão, seja na valoração de propriedades, mensuração de resultados de exposição de patrocínio e no conhecimento do comportamento e hábitos de consumo dos fãs das diferentes modalidades esportivas.

 

Mercado de trabalho

As ofertas de oportunidades na área seguem o desenvolvimento da gestão profissional do esporte e do mercado de patrocínio.

Hoje as oportunidades se concentram nos departamentos de marketing, comercial e inteligência de mercado dos players envolvidos na cadeia do esporte.