Indústria

Red Bull irá comprar o estádio do RB Leipzig

Atualmente dona apenas do naming rights, empresa de energético teve sua proposta aprovada e deve ampliar a capacidade do estádio

23 dez, 2016

Mudanças de planos no RB Leipzig. Debutando na Bundesliga nesta temporada, a Red Bull, proprietária do clube, anunciou que não irá construir um novo estádio e que sua proposta de compra da Red Bull Arena (tradicionalmente conhecida como Zentralstadion) foi aprovada. Hoje, da casa do Leipzig, a empresa possui apenas o naming rights.

Guiando-se por um plano de sustentabilidade e longo prazo, um dos primeiros atos da Red Bull será ampliá-la, de 42.558 para 57 mil espectadores. Por enquanto, a empresa de energético não obteve esta aprovação, mas contratualmente a negociação só será confirmada caso isto possa ocorrer. Por relacionamento e hospitalidade, as áreas VIP’s serão um dos focos de expansão para o futuro.

O contrato de arrendamento entre RB Leipzig e Michael Kölmel, atual proprietário do estádio, irá até 2020. Mesmo com a negociação praticamente concluída, a Red Bull Arena não perderá seu conceito multiuso e seguirá abrigando shows e concertos.

Na atual temporada da Bundesliga o RB Leipzig ocupa a nona posição no ranking de público com média de 41.581 mil torcedores por partida.

red-bull

Tido como um atual capítulo polêmico na história do futebol alemão, o RB Leipzig dá um verdadeiro drible na regra “50+1” da Bundesliga. Se você não está familiarizado com o termo, ele se baseia no poder que o clube deve ter sobre toda e qualquer decisão a ser tomada, partindo do principio que ele possui participação majoritária no mesmo (ou seja, 50+1).

Apesar do RB Leipzig deter 51% dos votos, todos os votantes são, na verdade, funcionários da Red Bull. Desta maneira, apesar de teoricamente ter “menor participação”, a empresa tem autonomia para recusar novos investimentos ou associações.

Criado em 2009 a partir da aquisição do SSV Markranstädt pela Red Bull, o crescimento da equipe já foi destaque no MKTEsportivo há algum tempo.