Redes Sociais

A importância das redes sociais de nicho dentro do esporte

The Players’ Tribune, Unscriptd, Slyce e Dugout evidenciam a importância de plataformas sociais que dialoguem diretamente com o fã de esporte

21 dez, 2016

Há algum tempo o MKTEsportivo tem dado destaque ao surgimento de novos canais sociais voltados exclusivamente aos fãs de esporte. The Players’ Tribune, UNINTERRUPTED, Unscriptd e Slyce são quatro exemplos vindos do mercado norte-americano e que buscam quebrar a barreira entre atleta-fã através da produção de conteúdo autoral e original.

Kobe Bryant e Kevin Durant, por exemplo, utilizaram o Players Tribune para anunciar em primeira mão a aposentadoria e a transferência para o Golden Stare Warriors, respectivamente. Esta semana, a jogadora Alex Morgan divulgou na rede que está de saída para o Lyon. Coletiva de imprensa? Pra que?

morgan

Concorrente direta, a UNINTERRUPTED conta com LeBron James, Grupo Turner e Warner como investidores e segue um modelo de atuação semelhante ao da Unscriptd, que tem tem como objetivo divulgar vídeos com os momentos de lazer dos atletas. Cristiano Ronaldo, Lionel Messi, Gerard Pique estão com perfis ativos por lá. Um dos grandes desafios delas é fazer com que este tipo de conteúdo seja atrativo ao interesse dos usuários.

Para o futebol, a Dugout é a mais recente novidade. De cara, a plataforma fechou parceria com os principais clubes da Europa e terá neles sua principal plataforma de expansão e reconhecimento. Com um apelo 100% social, ela agrega materiais em vídeo exclusivos de Real Madrid, Barcelona, Bayern, Juventus e tantos outros, e possui opção de compartilhamento via Facebook e Twitter.

Acreditamos muito no sucesso destas plataformas simplesmente por atuarem de uma maneira muito diferente das demais, como Facebook, Twitter, Snapchat e Instagram. Primeiro pelo apelo totalmente parcial, voltado aos atletas, clubes, esporte e conteúdo original. Se está lá, está pois consome a modalidade e se engajará com o que for divulgado. Segundo pois não há disputa por espaço entre mensagens de anunciantes, amigos e equipes (e também não há concorrência com as redes já citadas atuando como um diferenciado complemento ao que elas já oferecem aos seus usuários).

dugout

Se a Dugout ainda está no começo e as demais plataformas estão muito restritas aos Estados Unidos, ao menos elas já evidenciam que há demanda por plataformas de nicho, que concentrem esforços em torno de um determinado tema e já geram interesse (financeiro ou participativo) dos principais players da indústria.

Não nos espantaremos se em breve muitas das campanhas online passarem apenas por plataformas como estas, cuja efetividade e entrega do conteúdo pode satisfazer os objetivos de comunicação de grandes marcas. Para isso, é necessário que o conteúdo esteja alinhado à mensagem, para que não soe como algo promocional e as redes percam sua essência e DNA esportivo.