Publicidade
Opinião MKT

Especial | Conteúdo sob demanda cresce entre os clubes europeus

Como iniciativas parecidas, Juventus, Manchester United e Bayern de Munique se movimentam fortemente em prol do formato

31 mar, 2017 Escrito por MKT Esportivo
pass_juventus

Por Eduardo Esteves

 

O conteúdo sob demanda caiu no gosto popular e atende cada vez mais as necessidades dos espectadores atuais. Trazendo para a nossa realidade, o Brasil é o líder de mercado de VOD (vídeo on demand) na América Latina, com uma receita de US$ 352.3 milhões em 2016, de acordo com a pesquisa “O Impacto Econômico do Setor Audiovisual Brasileiro” desenvolvida pela consultoria Tendências. O montante corresponde a um crescimento de 415% nos últimos cinco anos. Afinal, quem não quer flexibilidade, experiência positiva (em sua maioria) e, principalmente, bom conteúdo?

Apesar do cenário totalmente favorável e uma forte presença dos brasileiros na Netflix – 2.4 milhões de usuários, os clubes daqui ainda derrapam ao não explorarem esta frente. Por outro lado, na Europa, cada vez mais iniciativas tendem a atender o desejo do fã de poder acessar conteúdo exclusivo quando e onde quiser.

O exemplo mais recente vem da Itália, mais precisamente, a Juventus, cuja presença no âmbito online sempre teve destaque no MKTEsportivo. A Vecchia Signora lançou nesta semana a Juventus Pass, sua nova plataforma oficial de vídeo on demand. Divida em dois planos, mensal (€ 7.99) e anual (€ 34.99), os fãs da equipe poderão ter acesso a materiais 24 horas por dia e sete dias por semana. Como a própria equipe posiciona esta nova aposta: your favourite team at your favourite time!

juventus_pass

Disponível para desktop, no seu app oficial, smartphones e tablets, a Juventus oferecerá: gravações e melhores momentos de todas as partidas; estatísticas em tempo real e novos ângulos de duelos da UEFA Champions League, Serie A e Tim Cup; treinos, bastidores e entrevistas exclusivas; jogos memoráveis; playlist de jogadores; conteúdos da Juventus Legends; materiais para os pequenos torcedores e, quando possível, partidas ao vivo. Ou seja: todas as faixas etárias serão contempladas com a plataforma.

De olho no impacto que pode causar no âmbito global, a Juventus disponibilizará seis meses pelo preço de um aos fãs cadastrados na categoria JMember Internacional. Uma oportunidade única para a Juve detalhar profundamente o perfil do seu fã e poder direcionar iniciativas personalizadas de acordo com suas preferências. Um big data valiosíssimo!

 

Manchester United e Bayern de Munique já apostam neste mercado

Tendo a agressividade comercial como marca registrada, o Manchester United lançou recentemente o que será por um bom tempo o seu principal ativo mercadológico para conquistar o mundo!

Amparado em três principais pilares, receita, big data e conteúdo, os Red Devils lançaram sua Tv oficial para 169 países. De olho nos seus 659 milhões de seguidores globais (dados do clube), a MUTV também disponibiliza materiais sete dias por semana e 24 horas por dia. Entre os conteúdos, além de transmissões (quase) ao vivo de todos os seus jogos, a mensalidade contemplará lendas que marcaram época no clube fazendo comentários pré e pós-jogo, entrevistas exclusivas, documentários, transmissão de coletivas de imprensa, replay de jogos históricos, últimas notícias e muito mais.

united_tv

Para comandar esta expansão e entregar um produto relevante, Phil Lynch, que já passou pela Sony Pictures e foi vice-presidente global de parcerias de conteúdo do Yahoo. Como Chief Executive Officer of Media, ele terá como função supervisionar a estratégia de mídia digital global do United para o app. Além disso, Lynchy irá gerenciar a criação editorial do programa de matchday dos jogos da Premier League, fazer a curadoria de conteúdo da revista mensal e intermediar parcerias de mídia digital do clube.

Destoando dos demais mas seguindo a mesma linha de VOD, o Bayern de Munique lançou sua tv oficial, a FC Bayern.tv live, em parceria com a Telekom, sua patrocinadora master. Ainda que siga o mesmo modelo de entrega de conteúdo, o canal estará disponível somente aos europeus.

Comentários