Indústria

Amazon desbanca Twitter e adquire streaming do Thursday Night Football da NFL

Plataforma ofereceu uma proposta muito superior aos seus concorrentes e assumirá o posto ocupado pelo microblog na última temporada

6 abr, 2017

(Infelizmente) durou apenas uma temporada a transmissão de partidas ao vivo da NFL no Twitter. Em uma nova concorrência feita pela liga, a Amazon desbancou o microblog, o Facebook e o YouTube (YouTube Tv), e adquiriu os direitos de dez jogos do “Thursday Night Football” de 2017/2018.

De acordo com uma fonte envolvida na negociação, a empresa pagará um total de US$ 50 milhões pelos direitos digitais. Desta maneira, o streaming estará disponível somente para os usuários do Amazon Prime, o que talvez possa diminuir o alcance da transmissão global mas levar mais receitas para a NFL, pelo poder do player no mercado norte-americano.

Em um avanço agressivo, a Amazon pagará cinco vezes mais o valor desembolsado pelo Twitter na última temporada. Na TV, para os 10 jogos da noite de quinta-feira, os direitos seguem divididos igualmente entre a CBS e NBC, fruto de um acordo fechado em 2016 por US$ 225 milhões cada.

amazon_prime_nfl

Para potencializar sua entrega e satisfazer ainda mais o fã de futebol-americano, a Amazon já está com a NFL produzindo a segunda temporada de uma série intitulada “All or Nothing“, que desta vez focará no retorno dos Rams para Los Angeles após mais de 20 anos em St. Louis.

Sobre a audiência, vale lembrar os números obtidos pelo Twitter para uma comparação futura. Nos dez jogos de Thursday Night Football da última temporada, o microblog obteve média de 2.7 milhões de usuários que assistiram pelo menos três segundos de cada partida (ou 265.800 espectadores por minuto). Já na faixa etária, presença marcante de fãs com até 35 anos.

Através de sua entrega digital, a NFL se relaciona diretamente com um novo público e também se estabelece novos mercados, que entregam receita e consumo. Na badalada indústria chinesa, a Sina Weibo é o pilar de expansão da liga.

nfl_amazon