Patrocínio

Vodafone se aproxima do naming rights do Estádio Olímpico de Londres

Gigante das telecomunicações deve fechar um acordo com casa do West Ham por 6 temporadas e £ 20 milhões

5 abr, 2017

O Estádio Olímpico de Londres, atualmente casa do West Ham, deve ganhar uma parceira de nomeação em breve. De acordo com a imprensa inglesa, a Vodafone, parceira do Beşiktaş para a Vodafone Arena, está perto de adquirir o naming rights da arena por £ 20 milhões a partir de um contrato de seis temporadas.

As negociações entre a gigante das telecomunicações e os proprietários do estádio, a London Legacy Development Corporation (LLDC), já se arrastam há alguns meses e deve ser concretizada muito em breve. Do outro lado da mesa, a London E20 Stadium, empresa criada pelos proprietários para negociar acordos de patrocínio.

olimpico_londres_vodafone

Para a LLDC, fechar com uma tradicional parceira de nomeação mostrará a força do novo estádio, que colocou a plataforma à disposição logo após o final dos Jogos Olímpicos de 2012. Desde então, mesmo com uma tradicional equipe mandando suas partidas por lá, o Olímpico de Londres ainda sofre com desconfiança e críticas por parte de alguns torcedores.

Já pelo lado da Vodafone, será um retorno ao seu mercado de origem. Anteriormente, a empresa apoiou a McLaren e foi parceira de alguns festivais de música. No futebol, o estádio é visto como um ativo ideal para promover a sua mais recente tecnologia voltada à conexão móvel de alta velocidade. Com ela, a empresa espera potencializar a experiência do espectador que for ao local.

Concretizando o acordo, o West Ham terá direito a 40% do acordo. Se for rebaixado, a fatia cairá para 35%.