Publicidade
Indústria

A cláusula contratual da Adidas que preocupa o Manchester United

Caso fique fora da próxima edição da UEFA Champions League, acordo será reduzido em 30% para o ano seguinte

19 maio, 2017 Escrito por MKT Esportivo
united_adidas

Uma cláusula no contrato fechado com a Adidas parece preocupar o Manchester United, que certamente não esperava que tal fato pudesse se concretizar. Em 2014, quando acordou o patrocínio de £ 74 milhões por temporada, a marca alemã estabeleceu: caso o clube ficasse fora da UEFA Champions League por duas temporadas consecutivas, o acordo seria reduzido em 30% para o ano seguinte.

Além de perder aproximadamente ‎£ 21 milhões, o Manchester United sofreria uma redução de receita pela ausência das relevantes bonificações oferecidas pela UEFA no principal torneio de clubes da Europa. Segundo um profissional do United, em uma temporada considerada “normal” com presença Champions League, os Red Devils embolsam entre ‎£ 40 milhões e ‎£ 50 milhões. Na Europa League, o valor cai para até ‎£ 20 milhões.

O Manchester United registrou prejuízo nos três primeiros meses deste ano (£ 3.8 milhões entre janeiro e março) devido ao aumento de suas despesas operacionais. Por outro lado, se tratando de suas receitas totais, elas subiram 3%(£ 127,2 milhões), com estimativa de fechar a temporada com £ 570 milhões.

Para não ver a Adidas ativar cláusula contratual e diminuir o seus ganhos, não basta apenas gigante inglês vencer o Ajax na final da Europa League. Campeão, o United entrará na Champions League, no mínimo, na fase de play-off.  Se passar, garantirá tranquilidade aos seus cofres.

 

Comentários