Publicidade
Indústria

NFL bate recorde de receita e projeta crescimento para 2017

Foram US$ 7.8 bilhões que serão repartidos igualmente entre as 32 equipes, valorização de 10% em relação ao período anterior

13 jul, 2017 Escrito por MKT Esportivo
nfl_receita

A NFL anunciou um recorde de arrecadação no período fiscal de 2016. Foram US$ 7.8 bilhões que serão repartidos igualmente entre as 32 equipes, valorização de 10% em relação ao período anterior e que reflete os altos valores envolvidos nas negociações pelos direitos de Tv com NBC, CBS, FOX, ESPN e DirecTV. Importante ressaltar que os US$ 7.8 bilhões não englobam receitas locais, que devem ultrapassar os US$ 6 bilhões.

Além das transmissões, as equipes da NFL recebem também parcelas referentes aos patrocínios e vendas de produtos oficiais da liga. De propriedade pública, o Green Bay Packers foi o único a informar seus ganhos, de aproximadamente US$ 244 milhões (contra US$ 222.6 milhões em 2015). Ou seja: por ser uma distribuição democrática, as demais também receberam o mesmo valor. Há dois anos perdeu-se a obrigatoriedade de informar ganhos e salários dos atletas.

nfl_receita2

O futuro tende a ser ainda mais rentável para a liga. Recentemente, NBC e CBS acordaram um novo contrato de transmissão por US$ 450 milhões, contra US$ 300 milhões do ciclo anterior. O impacto já ocorreu em 2016.

Diante deste otimista cenário, a NFL já projeta uma receita total na casa dos US$ 14 bilhões para 2017. Para o médio prazo, streaming e presença em novos mercados são dois dos pilares que a liga promete intensificar para gerar (ainda mais) receitas.

Comentários