Publicidade
Indústria

Fox, ESPN e Globo negam contatos do Sportflix e priorizam ética nas transmissões

Prestes a ser lançado (ou não), plataforma promete 95% dos eventos esportivos ao vivo sem procurar detentoras dos direitos

21 ago, 2017 Escrito por MKT Esportivo
Array
(
    [id] => http://www.mktesportivo.com/2017/08/fox-espn-e-globo-negam-contatos-do-sportflix-e-priorizam-etica-nas-transmissoes/
)

Compartilhe

  • Linkedin
    Linkedin
  • whatsapp
    Whatsapp
10Total

O Sportflix, considerado pelos seus criadores como “a Netflix do esporte”, algo bem duvidoso por inúmeras barreiras contratuais, segue agitando os bastidores. Após a Fox Sports  se posicionar alegando que neste momento não há nenhuma negociação em curso para venda e/ou compartilhamento dos direitos dos seus torneios, agora foi a vez do Grupo Globo também dar o seu parecer sobre o fato.

Como se sabe, entre outros torneios, a emissora é dona dos direitos do Brasileirão também para a internet. Confira o comunicado:

”Sobre o comunicado da empresa Sportflix referente à operação de streaming via internet de eventos esportivos, o Grupo Globo esclarece que é detentor exclusivo dos direitos de transmissão, incluindo internet, no território brasileiro, de eventos tais como: Campeonato Brasileiro (direitos exclusivos também para o exterior); Copa do Mundo da Fifa; Campeonato Francês; e Jogos Olímpicos, entre outros eventos. Tal qual outros grupos de mídia, acompanhamos com apreensão o comunicado do Sportflix divulgando a transmissão dos mesmos eventos no Brasil, mediante cobrança de assinatura em dólar, sem as devidas autorizações legais para tal transmissão. Declaramos que não mantivemos qualquer contato ou negociação com o Sportflix que o capacite a oferecer tais transmissões. O Grupo Globo reafirma seu compromisso com a qualidade de suas transmissões e pela ética nas negociações”.

energia-goela

Em um curto comunicado, a ESPN também se pronunciou. “Trabalhamos com os detentores e vendedores de direitos do conteúdo que exibimos e tomaremos todas as ações necessárias para proteger nossos produtos da pirataria e uso ilegal”. Na última semana, Carlos Del Campo, diretor da Liga Espanhola, esteve em um evento no México e falou sobre o Sportflix. “Eles não têm nenhum direito sobre La Liga. Estaremos muito ativos com esse tema. Temos que proteger nossos sócios e nossos consumidores”, afirmou.

Enquanto Fox, Globo e ESPN afirmam que não tiveram contato algum com os responsáveis pela empresa em questão, outro ponto que segue totalmente desconhecido é o poderio financeiro do Sportflix. Ainda assim, a comunicação da plataforma continua utilizando as identidades das principais ligas esportivas do mundo e exaltando o serviço que irá oferecer.

Sabemos, apenas, que é muita pretensão por parte de um player totalmente desconhecida afirmar que transmitirá eventos esportivos ao vivo cujas emissoras investiram até mesmo bilhões por seus direitos. O fato de ter agitado o mercado com informações mentirosas e promessas que não deverá cumprir, pode ser o grande empecilho do Sportflix ao tentar negociar com os grupos de mídia.

Comentários