Indústria

Facebook e Amazon devem disputar Premier League na próxima concorrência

Segundo Ed Woodward, vice-presidente do Manchester United, dupla já figurou na última concorrência

25 set, 2017

Em agosto o MKTEsportivo já havia repercutido a briga de gigantes pelo streaming da Premier League. E o cenário ganhou um novo capítulo durante o final de semana. Segundo o vice-presidente do Manchester United, Ed Woodward, Facebook e Amazon devem disputar em breve os direitos de transmissão no digital da elite inglesa.

Woodward adiantou que a dupla estava interessada em transmitir a liga já na última concorrência. À época, pelo triênio de 2016-19, BSkyB e BT Sport desembolsaram expressivos £ 8.4 bilhões. Desta maneira, o profissional dos Red Devils já aposta que a aquisição por parte de uma das plataformas não irá passar da próxima rodada de negociações. Ainda segundo ele, também ocorreram conversas sobre Champions League e Europa League. No caso da UCL, o Facebook já a transmite a partir de uma parceria com a Fox Sports.

amazon_premierleague

No streaming, a Amazon está ganhando cada vez mais espaço. Se tirou o Thursday Night Football do Twitter na atual temporada da NFL, em agosto a empresa desbancou a Sky e adquiriu os direitos do ATP World Tour para o Reino Unido por £ 10 milhões anuais. No mesmo mês, fechou uma parceria com a Eurosport para a distribuição da Bundesliga na Alemanha. O contrato contempla também três Grand Slams de tênis (Australian Open, Roland Garros e US Open).

Após as declarações de Ed Woodward, o Facebook limitou-se a declarar que ele planeja, de uma maneira geral, oferecer esporte ao vivo e conteúdos em vídeo para sua plataforma, a recém-lançada Watch. Por outro lado, a Amazon não se posicionou. Estamos de olho!