Indústria

Liga espanhola multa Celta de Vigo por falta de público no estádio

Na Espanha, jogos televisionados devem ter público de no mínimo 70% no setor que fica oposto à câmera principal

19 set, 2017

LFP (Liga de Fútbol Profesional) decidiu punir o Celta de Vigo pela falta de público no Estádio de Balaídos em duas das quatro rodadas iniciais da LaLiga Santander. E sim, isso está previsto em regulamento.

Por norma, os jogos que são televisionados devem obrigatoriamente ter público de no mínimo 70% no setor que fica oposto à câmera principal. Esta iniciativa tem como objetivo fazer com que as transmissões não sejam prejudicadas aos olhos do mercado internacional, que na teoria, investe alto por ligas competitivas e atraentes. Se o espaço fica preenchido de 50 a 70%, os clubes perdem 2 pontos (não na tabela, mas de um sistema de pontuação que resulta em multas financeiras). Se a taxa de ocupação for inferior a 50%, o clube em questão perde 4 pontos.

Diante do Real Sociedad, o Celta levou 16.961 torcedores para o Balaídos, enquanto que no encontro com o Alavés o número saltou para 17.384 pessoas. Contra o cenário negativo e acúmulo de multas, para o duelo contra o Getafe os ingressos sofreram redução no preço. A Tribuna Alta, localizada no lado oposto à câmera, custará € 40.