Indústria

Apôs polêmica, Fox Sports retira publicidade com Knicks no metrô de Nova York

Torcedores e dono da equipe ficaram revoltados com campanha que ironizava Joakim Noah e Tim Hardaway Jr.

7 out, 2017

A Fox Sports lançou uma polêmica campanha que rapidamente a obrigou retirar todas as peças publicitárias já que não pegou bem com os moradores e, principalmente, com os torcedores do New York Knicks. Intitulada “Pick a Side” (“Escolha um Lado”, em tradução livre), ela foi criada a partir de composições feitas no metrô que iam da estação Grand Central até a Times Square.

De um lado dos vagões, a imagem de Kristaps Porzingis, jovem jogador que se destaca há duas temporadas pela equipe, acompanhado da palavra “Hopeful” (“Esperançoso”). Do outro, imagens dos experientes Joakim Noah e Tim Hardaway Jr. com a palavra “Hopeless” (“Sem Esperança”).

No interior dos vagões, os assentos exibiam frases como “Há jogadores em excesso”, “Sente-se aqui se você estiver sem esperança”, “Nada vai mudar até Dolan (dono) vender o time” e “O ponto alto dos últimos 25 anos foi o filme Eddie” (alusão ao filme que Whoopi Goldberg é escolhida como treinadora dos Knicks).

metro_knicks2

Além dos torcedores, o próprio dono da equipe, James Dolan, criticou abertamente a campanha e a Fox, na figura do seu proprietário Rupert Murdoch. Com uma chuva de críticas que tomaram as redes sociais e os veículos especializados nos Estados Unidos, a emissora retirou todas as peças do metrô e a campanha, com duração prevista de quatro semanas, durou poucos dias.

Em comunicado, a Fox se desculpou e encerrou o assunto. “A campanha da Fox Sports no metrô de Nova York queria refletir os sentimentos e as emoções dos fãs apaixonados do esporte. Lamentamos o tom e retiraremos a campanha completa imediatamente”.

knicks

knicks1