Publicidade
Patrocínio

Banco Inter e a evolução do patrocínio esportivo no Brasil

Com contrato até 2020, instituição financeira vai além de exposição e foca em ativações para o torcedor são-paulino

14 nov, 2017 Escrito por MKT Esportivo
sao_paulo_inter

Aos poucos o mercado esportivo dá sinais de amadurecimento e a cultura da exposição que reinava entre as empresas dá lugar a necessidade de se aproximar mais intimamente do fã de esporte. O Banco Inter, patrocinador máster do São Paulo, é um dos melhores atuais cases para exemplificar esta evolução.

A instituição chegou ao clube paulista no início deste ano, à época como Intermedium. Inicialmente, a marca figurava nas costas do uniforme, quando o espaço máster ainda pertencia à Prevent Senior. Com a saída da seguradora, ela resolveu assumir o local. De imediato, a empresa lançou um perfil oficial no Twitter para atender exclusivamente a demanda da torcida tricolor. Hoje, já são 17 mil seguidores.

Em seguida, dando protagonismo ao torcedor, o Inter lançou uma enquete no microblog onde eles seriam os responsáveis por escolher o layout de um novo cartão de crédito personalizado que seria lançado futuramente. Com exatos 4.399 votos, a versão ‘Morumbi‘ foi a vencedora.

 

 

Outra ação lançada em parceria com o São Paulo é a visita ao Centro de Treinamento da Barra Funda, onde apenas correntistas podem participar. Em todas elas, o Banco Inter faz um compilado de fotos e as divulga em seus perfis nas redes sociais.

Por fim, programado para ser lançado esta semana, a instituição financeira irá lançar um aplicativo oficial para os são-paulinos. O ‘Banco Inter SPFC‘ tem como objetivo posicionar a instituição como um banco digital, onde os correntistas poderão fazer todas as movimentações através do ambiente online via app. Nele, o cliente tricolor poderá solicitar seu cartão ‘Morumbi‘ personalizado. E qual será a contrapartida para o clube? Incremento de receita!

Todo este pacote de ativações só é possível pelo real entendimento do Banco Inter do que, de fato, funciona dentro do patrocínio esportivo. Contemplando um longo contrato com o clube, válido até 2020, o banco tem para si a segurança de ofertar benefícios e experiências exclusivas ao são-paulino ciente de que haverá receptividade.

Dentro deste cenário encontra-se o objetivo do Inter de chegar a 1 milhão de correntistas digitais em 2018 (atualmente são 370 mil). Não seria através de mera exposição e um acordo de curta duração que tal desejo seria possível.

banco_inter

Comentários