Publicidade
ESPORTS

Nike se posiciona sobre camisas rasgadas da NBA

Entre outros pontos, marca afirmou que irá trabalhar para evitar que isso volte a acontecer no futuro

7 nov, 2017 Escrito por MKT Esportivo
nba_camisas

Diante da polêmica envolvendo as camisas rasgadas de LeBron James e Kevin Love (Cleveland Cavaliers), Tyler Ennis (LA Lakers), Draymond Green (Golden State Warriors) e Ben Simmons (Philadelphia 76ers), a Nike se posicionou. Em um comunicado oficial, a marca afirmou que está ciente do problema e que trabalhará para melhorar a resistência da costura das peças. O design, por sua vez, é muito parecido com o que foi utilizado por seleções nacionais nos Jogos Olímpicos do Rio, em 2016.

Sempre colocamos o atleta no centro de tudo o que fazemos e trabalhamos duro para criar os uniformes mais avançados na história da NBA. Eles são mais leves, oferecem grande mobilidade e características de evaporação do suor, e os comentários que recebemos dos jogadores foram muito positivos“, explicou em nota.

No entanto, durante os jogos vimos que um pequeno número de atletas experimentou significativos rasgos em suas camisas. Estamos preocupados em notar pausas nas partidas por esse motivo e estamos trabalhando para implementar uma solução que inclua a melhora da resistência da costura das camisas do jogo. A qualidade e o desempenho de nossos produtos são de extrema importância e estamos trabalhando com a NBA e as equipes para evitar isso no futuro“, completou.

Apesar da repercussão negativa das imagens, como destacamos, fato é que nenhum atleta reclamou abertamente da marca, o que facilitou o rápido posicionamento da mesma. Por outro lado, vale destacar que todos os envolvidos na situação são embaixadores da Nike, fator que certamente motivou o silêncio dos atletas.

Outro problema flagrado pelas câmeras foi a questão da transpiração das peças. Durante a partida do final de semana, ao sentar no banco de reservas, Dwyane Wade claramente ironizou a quantidade de suor retido em sua camisa (vídeo abaixo). De acordo com a empresa norte-americana, na teoria, esses uniformes secam 15% mais rápido do que os da Adidas, antiga fornecedora.

Por enquanto, o swoosh não revelou se irá fornecer um novo lote de produtos para todas as equipes ou se simplesmente irá atuar de maneira pontual nas franquias prejudicadas.

Comentários