Indústria

Band desiste da Copa do Mundo 2018 e terá apenas a Globo na TV aberta

Emissora paulista alegou “mudança estratégica” para abrir mão da transmissão do Mundial

23 fev, 2018

A Copa do Mundo da Rússia terá exclusividade na TV aberta no Brasil, algo que não acontecia no país desde a edição 2002 do Mundial. Isso irá ocorrer já que a Bandeirantes anunciou que desistiu da transmissão alegando “mudança estratégica”, mas certamente o alto investimento foi a principal barreira.

Além de toda estrutura, profissional e de equipamentos, que deveria destinar para cobrir in loco a Copa, a Band teria que pagar à Globo pelo sublicenciamento dos direitos. O custo poderia alcançar a casa dos R$ 50 milhões.

“Em função da mudança estratégica da Band, que em 2018 amplia o seu investimento numa programação diversificada e cada vez mais alinhada ao gosto do público brasileiro, a emissora optou por deixar de transmitir a próxima Copa do Mundo, concentrando seus esforços no desenvolvimento e lançamento de programas próprios”, relatou a emissora através de um comunicado.

Até agora, Globo e o Sportv já conseguiram fechar todas as cotas de transmissão. Por outro lado, a Fox Sports, por enquanto, ainda não anunciou nenhuma parceira comercial. Vale lembrar que a Band foi a única emissora a exibir todas as partidas da Copa das Confederações do ano passado, o que indicava que ela manteria sua parceria com a emissora do Rio de Janeiro.

Na próxima semana, a Band fará um evento para anunciar seus planos envolvendo o esporte para este ano. Como haverá negociações pelos direitos da UEFA Champions League, até o torneio europeu segue como dúvida para sua próxima edição.