Indústria

Fórmula 1 anuncia parceria com Netflix e terá série exclusiva sobre a temporada 2018

Plataforma terá acesso irrestrito aos pilotos e funcionários. Ao todo, serão dez capítulos sobre a categoria

24 mar, 2018

Conforme adiantamos em outubro do ano passado, a Netflix oficializou hoje uma parceria com a F1 para uma série documental inédita. O conteúdo trará o selo “Original Netflix” e levará os fãs de automobilismo para dentro dos cockpits, paddock e também para a vida dos protagonistas da categoria. Desta maneira, a empresa amplia sua oferta esportiva que já conta com a Juventus.

De acordo com a plataforma de streaming, ela terá “acesso exclusivo e sem precedentes aos pilotos, chefes e donos de equipes”, além da própria equipe responsável pela gestão da F1. Ao todo, serão dez episódios e, por retratar a temporada 2018, a expectativa é que seja lançado oficialmente no início de 2019.  Na produção-executiva, Paul Martin, da Box to Box Films, e James Gay Rees, o mesmo que produziu ‘Senna‘ e ‘Amy‘. Neste segundo caso, Rees levou o Oscar de melhor documentário de longa-metragem. Sophie Todd, filha de Jean Todd, será a apresentadora.

“A F1 é um esporte global que está sendo reposicionado, passando de uma entidade do automobilismo para uma marca de mídia e entretenimento global”, comentou Sean Bratches, diretor de operações comerciais da F1. “O acordo com a Netflix serve para contar a história fascinante que existe noa bastidores de uma temporada. Trata-se de uma perspectiva do esporte que ainda não foi revelada ao público”, completou.

“Esta parceria com a Fórmula 1 é mais um passo na nossa missão de trabalhar com marcas de ordem mundial e parceiros de produção para produzir uma série de alto nível. Nós estamos ansiosos pelo GP da Austrália deste fim de semana e para embarcar em uma temporada incrível através do mundo”, disse Bela Bajaria, vice-presidente de conteúdo da Netflix.

Tratando-se de conteúdo por demanda e o avanço da F1 no âmbito digital, o MKTEsportivo larga na frente e destaca constantemente as novidades de ambas frentes. No primeiro caso, além da Netflix, vale lembrar que a F1 terá sua própria plataforma de streaming onde irá oferecer corridas ao vivo e materiais exclusivos aos amantes de automobilismo.

Apesar de todo o alarde em torno desta nova era que atravessa, muito em função do modelo norte-americano praticado pela Liberty Media, uma recente pesquisa mostrou que os fãs se apegam ao tradicional e desejam menos entretenimento.