Indústria

Sinônimo de planejamento, LBF apresenta planejamento das próximas duas temporadas

Liga irá detalhar a preparação para 2019 e 2020 um dia antes do Jogo das Estrelas

28 mar, 2018

Seguindo um dos três pilares que norteiam sua gestão (transparência, planejamento e contrapartida), a Liga de Basquete Feminino apresentará no próximo dia 7 de abril o planejamento para as próximas duas temporadas da LBF CAIXA às nove equipes que compõem a Liga e outras interessadas a disputá-la.

A reunião acontece um dia antes do Jogo das Estrelas, um dos principais eventos do calendário do basquete feminino brasileiro e que terá pela primeira vez o Desafio Internacional contra a Liga Argentina.

O planejamento desenvolvido para a temporada atual resultou no aumento de 50% das equipes participantes do principal campeonato de basquete feminino no país. Em agosto do ano passado, a LBF já realizava um meeting trazendo as principais informações contendo várias das inovações postas em prática em 2018. Na ocasião, a Liga recebeu o número recorde de 22 equipes interessadas em disputar a competição.

A edição 2018 da LBF CAIXA trouxe uma série de novidades, como transmissões WEB de todas as partidas, a criação das mascotes das equipes, os estudos de gestão com o LBF Academy, firmou convênio com a Universidade de Campinas (Unicamp) para o estudo da redução da altura do aro, entre outras. A inovação mais recente é o LBF nas Escolas, que começou na última semana em Recife (PE) e São Luís (MA) e terá em sua primeira fase a campeã mundial Janeth Arcain indo às escolas das nove cidades presentes na LBF CAIXA 2018 para fomentar o basquete no âmbito escolar.

A visibilidade da competição também aumentou com a volta da modalidade à TV aberta, com transmissões em horário fidelizado nas tardes de domingo na TV Gazeta. Na área administrativa, a LBF recebeu em janeiro a certificação com a ISO 9001, feito inédito na gestão do basquete brasileiro.

Dentro de quadra, a oitava edição da LBF CAIXA tem registrado jogos equilibrados e a quebra de recordes estabelecidos durante as sete edições anteriores. A melhora no campeonato e sua maior exposição têm atraído de volta o público, receoso por conta dos insucessos nas administrações passadas do basquete feminino nacional.

A CAIXA, junto ao Governo Federal, é a patrocinadora oficial da Liga de Basquete FemininoA competição tem a TV Gazeta como emissora oficial, a TV Globo, o SporTV e o globoesporte.com como parceiros de mídia oficiais, a bola oficial da Wilson e a AND1 como marca esportiva oficial.