Publicidade
Patrocínio

Emirates ratifica presença na F1 com renovação do patrocínio até 2022

Com aumento de 124% no lucro líquido de US$ 762 milhões para o ano fiscal de 2017, empresa seguirá investindo forte no esporte

15 maio, 2018 Escrito por MKT Esportivo
Array
(
    [id] => http://www.mktesportivo.com/2018/05/emirates-ratifica-presenca-na-f1-com-renovacao-do-patrocinio-ate-2022/
)

Compartilhe

  • Linkedin
    Linkedin
  • whatsapp
    Whatsapp
11Total

A Emirates anunciou hoje a extensão de seu contrato de patrocínio global à Fórmula 1 até o final de 2022. Juntos desde 2013, a companhia aérea ainda expandiu o contrato anterior e terá sua presença ampliada em exposição e ativações junto ao consumidor durante as próximas temporadas.

Nesta nova fase, a empresa ampliará seus locais de exposição, permanecendo em espaços de hospitalidade para convidados no paddock, atividades interativas e eventos com os fãs em determinadas provas. A Emirates ainda vai oferecer aos membros de seu programa de milhagens, o Skywards, a oportunidade de trocar as milhas por experiências exclusivas em diversas corridas da categoria. O contrato contempla também os naming rights dos GPs da Espanha e Alemanha.

“Há um excelente encaixe entre a Emirates e a Fórmula 1, da extensão global de nossa rede de destino e das cidades nas quais as corridas acontecem, ao foco em inovação e tecnologia que sustentam o esporte e nossa abordagem ao desenvolvimento de produtos e serviços para nossos clientes”, destacou Thierry Antinori, vice-presidente executivo e diretor comercial da Emirates.

Com um aumento de 124% no lucro líquido de US$ 762 milhões para o ano fiscal de 2017,  a Emirates seguirá investindo forte no esporte. Neste ano, ela já renovou seu contrato de patrocínio máster com o Arsenal até o final da temporada 2023/2024 por um total de € 225 milhões.

Além da camisa, a companhia detém os direitos de nomeação do estádio dos Gunners até 2028, além do patrocínio máster do Real Madrid até 2021/2022, e apoio ao ATP 500 de Barcelona e o Masters 1000 de Madrid.

Comentários