Indústria

Williams cria equipe de eSports para participar de torneios de F1

Até aqui, três jogadores foram contratados: Javier Perez, Jani Vitsaniemi e Bernardo Perez

18 maio, 2018

A Williams anunciou nesta semana a criação de sua equipe oficial de eSports. Até agora, três jogadores foram contratados. São eles: Javier Perez, Jani Vitsaniemi e Bernardo Perez. Ao longo do ano, a britânica promete lançar seletivas para que novos atletas possam fazer parte da equipe. O elenco contratado, por sua vez, já se prepara para participar da segunda temporada da Fórmula 1 eSports Pro Series, o campeonato oficial da F1 na modalidade.

“Os e-sports cresceram drasticamente nos últimos anos até se tornarem uma imensa indústria global, então estamos ansiosos para encararmos o desafio de aumentar a presença dos simuladores de corrida no mundo dos e-sports. Estamos ansiosos para desenvolver nosso elenco de pilotos, oferecendo a um seleto grupo a incrível chance de fazer parte da família Williams”, declarou Javier Guerra, manager da equipe de eSports da Williams.

Pelo acordo firmado com o trio, eles terão acesso à base da escuderia em Oxfordshire, na Inglaterra, para treinos e eventos, além de terem a chance de guiar o carro no simulador da equipe com engenheiros e pilotos como Robert Kubica.

Além da F1, que tem como parceira a DHL, McLaren conta com sua equipe oficial de eSports e o piloto Fernando Alonso também investe no setor. O bicampeão mundial da categoria se uniu a G2 Esports e Logitech G para lançar um time para pilotos de simuladores de corrida.