Publicidade
Indústria

Amazon faz história e adquire direitos de transmissão da Premier League

Plataforma oferecerá aos seus assinantes 20 partidas ao vivo da elite do futebol inglês no Prime Video

7 jun, 2018 Escrito por MKT Esportivo

O MKTEsportivo já havia destacado em primeira mão há algum tempo uma pesquisa que colocava a Amazon como grande protagonista do streaming em 2018. Ainda assim, faltava a cereja do bolo. Faltava.

A gigante do e-commerce anunciou hoje que adquiriu um dos dos dois pacotes de transmissão que restavam e irá transmitir partidas da Premier League para o Reino Unido e Irlanda. Na atual concorrência para o triênio de 2019-2022, a Sky Sports manteve seu domínio e adquiriu quatro dos sete pacotes (128 jogos). Pelo acordo, a emissora irá investir £ 3.58 bilhões durante o período e terá as partidas de sexta-feira à noite, sábado à noite, domingo e segunda-feira. Já a BT Sport pagará £ 885 milhões por outros três que contemplam partidas do sábado na faixa do almoço (32 jogos), além de £ 90 milhões para 20 duelos para a internet. Neste último caso, o anúncio também ocorreu hoje.

“O interesse da Amazon em nossos direitos no Reino Unido é uma prova da fantástica competição oferecida por nossos clubes. Este resultado apoiará cada um nos esforços contínuos para jogar o melhor futebol possível e usar sua popularidade e alcance para ter um impacto positivo no esporte e além”, destacou o presidente da Premier League, Richard Scudamore. “A Sky e a BT são parceiras consagradas da Premier League e oferecem cobertura de primeira linha da competição por meio de transmissões ao vivo e programação abrangente. Congratulamo-nos com a Amazon como um novo parceiro empolgante e sabemos que o Prime Video fornecerá um serviço excelente para que os fãs possam consumir a Premier League”, completou.

O negócio firmado pela Amazon contempla 20 partidas ao vivo via streaming, além de programas semanais. Desta maneira, haverá necessidade de pagar uma nova taxa de assinatura para acompanhar a elite do futebol inglês no Prime Video, além dos que já desembolsam pelo acesso aos conteúdos da Sky e BT. Atuais clientes da Amazon não sofrerão alterações em suas contas por conta da novidade.

Até pelo seu peso na indústria, até aqui, a Premier League certamente representará o maior investimento da Amazon em streaming esportivo. A gigante da tecnologia pagou US$ 50 milhões pelo pacotes de jogos da NFL na noite de quinta-feira e soma uma série de outros acordos para oferecer um relevante catálogo esportivo no Prime, como Bundesliga, Grand Slams de tênis e Jogos Olímpicos de Inverno.