Atletas

Lewis Hamilton renova e seguirá na Mercedes por mais duas temporadas

De acordo com a imprensa europeia, o piloto britânico receberá £ 40 milhões pelos dois anos de contrato

19 jul, 2018

Esqueça a especulação envolvendo a Ferrari. A Mercedes oficializou hoje que Lewis Hamilton permanecerá como piloto da escuderia até 2020. O anúncio foi feito através das redes sociais da equipe.

De acordo com a imprensa europeia, Lewis receberá £ 40 milhões pelos dois anos de contrato. Se confirmada, o piloto se torna o atleta britânico mais bem pago do mundo, batendo o astro da seleção inglesa Harry Kane e o tenista Andy Murray.

“Faço parte da família da Mercedes e nunca estive tão feliz dentro de uma equipe como agora. Estou ansioso para ganhar mais no futuro e brilhar ainda mais. Estou muito confiante de que a Mercedes é o lugar certo para estar nos próximos anos”, destacou Hamilton.

Com 12 marcas estampadas em seu macacão, a renovação garante que todas elas (e também novas companhias) sigam desfrutando de uma relevante exposição na F1. São elas: Bose, Epson, IWC Schffhausen, Monster Energy, Petronas, Puma, Qualcomm, Tibco, Tommy Hilfiger, UBS e Wihuri.

O britânico Daily Mail destaca ainda que o portfólio de marcas que estão associadas ao piloto renda £ 112 milhões anuais. De todas, a Petronas, que fornece combustível para a Mercedes, é a mais rentável para Hamilton, afinal, sozinha, desembolsa £ 50 milhões de libras por temporada.

Juntos desde 2013, o britânico venceu três dos últimos quatro mundiais da principal categoria do automobilismo mundial.