Publicidade
Redes Sociais

Patrocinadores usam as redes sociais para exaltar a seleção brasileira

Itaú, Vivo e Guaraná foram algumas das empresas que utilizaram o Twitter para apoiar a equipe após a eliminação

6 jul, 2018 Escrito por MKT Esportivo

A eliminação da Seleção Brasileira abriu espaço para que alguns dos patrocinadores usassem seus perfis nas redes sociais para exaltar o time após a partida. Em comum, o uso do Twitter para levar apoio.

O Itaú, por exemplo, modificou o conceito “Isso muda o jogo“, que norteou seu posicionamento durante todo o período, para “Acreditar“. A palavra se tornou a ideia do banco e foi acompanhada da frase “o sentimento nunca vai mudar“. Como antecipamos, a empresa foi a mais citada da rede social entre os brasileiros durante a primeira fase do Mundial.

Já a Vivo lançou apoio à seleção: “jogar junto é ter orgulho sempre. Valeu, Brasil“. O Guaraná Antarctica resolveu olhar para o futuro e já abordar a próximo Copa: “O Catar é logo ali“. A marca ainda ratificou que seguirá apoiando a CBF. Por fim, a Brahma simulou uma lágrima com uma gota caindo de uma garrafa.

Entre os patrocinadoras da Copa, a Coca-Cola publicou uma garrafa sem refrigerante e a frase “Se hoje bateu um vazio, é pra lembrar que amanhã podemos dar um gás de novo. Juntos“. Até agora, McDonald’s, que até então se destaca com um ‘real-time’ nas redes, e Skol, que provocou a Argentina por ocasião do duelo contra a Islândia, não se posicionaram.

Na Copa do Mundo de 2014, após o 7 x 1, raras foram as manifestações por parte das empresas. O vexame resultou em um silêncio geral das patrocinadoras.