Indústria

Qatar faz ações na Rússia para ativar Copa do Mundo de 2022

País asiático tem utilizado esta reta final do Mundial para promover-se como próximo destino do torneio

12 jul, 2018

Sede da próxima Copa do Mundo, o Qatar tem utilizado esta reta final do Mundial da Rússia para promover-se como próximo destino do torneio. Prova disso e que o comitê da Copa de 2022 montou espaços de entretenimento para a apresentação do país árabe para torcedores que estão na Rússia, mais precisamente, em Moscou e São Petersburgo. As cidades receberam as semifinais, e agora abrigarão a decisão de terceiro e quarto lugares e a final.

Museu, realidade virtual e itens típicos da cultura do Qatar são alguns dos pilares que os visitantes poderão encontrar nos locais. Há a possibilidade de ver ao vivo tudo o que rola em locais como o Aeroporto Internacional de Hamad, o mercado popular Souq Wagif, bem como o Ali Bin Hamad Al Attiyah Arena.

“É importante darmos aos fãs de futebol uma amostra real do que está por vir quando visitarem o Qatar para a próxima Copa do Mundo da Fifa. Não queremos apenas atualizá-los sobre o progresso que temos feito em nossos preparativos. Também queremos apresentá-los ao país, nossa cultura e o que eles podem esperar em 2022. O Qatar é um país vibrante, que combina uma rica história cultural com instalações de classe mundial e tecnologia de ponta. Esperamos que consigamos encorajar muitos deles a participar da primeira Copa do Mundo no mundo árabe daqui pouco mais de quatro anos”, destacou Fatma Al Nuaimi, diretora de comunicação do comitê de entrega e legado da Copa de 2022.

Por fim, para potencializar a experiencia, o Qatar fechou uma parceria com a loja de departamentos russa GUM para levar exposições com imagens históricas das Copas do Mundo, além de pontos turísticos do país asiático, como o Museu Sheikh Faisal. Um dos destaques é o museu localizado no Rio Moscou, o primeiro espaço cultural multimídia flutuante do mundo.