Indústria

Em disputa acirrada por mercado, EA Sports tira Serie A da Itália da Konami

A partir de suas versões 2019, somente o FIFA poderá utilizar o nome oficial do torneio, que até então figurava como “Calcio A”

20 ago, 2018

A briga entre EA Sports e Konami segue bem acirrada e ganhou mais um capítulo. A primeira anunciou recentemente que fechou um acordo de licenciamento com a Serie A da Itália, que até a última temporada pertencia à concorrente.

Desta maneira, a partir de suas versões 2019, somente a EA poderá utilizar o nome oficial do torneio, que até então figurava como “Calcio A”. Além disso, o acordo dá ao game de futebol da norte-americana a possibilidade de usar o logotipo da liga nas mangas das camisas dos atletas, na bola oficial do torneio e ainda no troféu Coppa di Campione d’Itália, dado ao time campeão ao final da temporada.




“O acordo assinado com um parceiro de renome internacional como a EA Sports atesta o reconhecimento mundial que o nosso campeonato está tendo. A presença da Serie A no Fifa 2019 nos permitirá consolidar nossa marca no mercado de jogos eletrônicos, um setor no qual queremos ter um papel de liderança nos próximos anos”, afirmou Gaetano Miccichè, presidente da Serie A.

“Estamos felizes em anunciar o retorno da Série A no Fifa 2019, especialmente pelo alto potencial da próxima temporada para o futebol italiano. Este é um passo crucial para a Electronic Arts (EA) garantir a todos os fãs, tanto italianos quanto internacionais, o mais alto nível de autenticidade para sua experiência de jogo”, destacou Maurizio Finocchiaro, gerente geral da EA na Itália.

A conquista da EA Sports na Itália pode ser considerada uma resposta à Konami pelo avanço do PES 2019 no mercado brasileiro. A japonesa fechou contratos com São Paulo, Palmeiras e Corinthians, além de ter renovado a parceria com Flamengo, Vasco e Brasileirão.