Indústria

Coreias se unem em candidatura para os Jogos Olímpicos de 2032

Países afirmaram que participarão de competições internacionais com uma única bandeira

20 set, 2018

O esporte será, mais uma vez, protagonista de um significativo passo de reaproximação entre Coreia do Sul e Coreia do Norte. Os países anunciaram ontem a candidatura conjunta para sediar os Jogos Olímpicos de Verão de 2032.

Além da candidatura, os países afirmaram que participarão de competições internacionais com uma única bandeira. Neste caso, a iniciativa já valeria a partir dos Jogos Olímpicos de 2020, em Tóquio.

Em fevereiro deste ano, durante a abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno, as Coreias já haviam dado indícios de união ao entrarem juntas na Cerimônia de Abertura do evento. Chung Gum, do hóquei no gelo e nascido no Norte, e Yunjong Won, do bobsled e nascido no Sul, entraram carregando a mesma bandeira, branca com o desenho da península que abriga os dois países. Em 2000, nos Jogos de Sydney, as duas Coreias já haviam desfilado juntas.

Em 1988, em Seul, os dois países cogitaram a realização em conjunto dos Jogos. No entanto, os governos não chegaram a um acordo em tempo hábil. Vale lembrar que até hoje a Coreia do Norte vive sob um regime comunista considerado um dos mais fechados do mundo.