Atletas

Kevin Durant se une à ESPN e produzirá série sobre a indústria do esporte

‘The Boardroom’ promete apresentar os bastidores do esporte a partir da visão de atletas, executivos e líderes de empresas

26 set, 2018

Kevin Durant, através de sua empresa Thirty Five Media, uniu forças com a ESPN norte-americana para criar uma série exclusiva sobre a indústria do esporte. Ao todo, serão seis episódios disponíveis exclusivamente na ESPN+, a plataforma de streaming da emissora, a partir de 2019.

A ‘The Boardroom‘ (A sala de reunião, em tradução livre) levará os espectadores aos bastidores do sports business, mostrando a evolução da indústria através do da visão de atletas, executivos e líderes de empresas. Cada episódio trará um tema específico, como gestão de equipes, desenvolvimento de jogadores e mídias sociais.

No comando da atração, Jay Williams, ex-jogador da NBA e atual comentarista da ESPN. Ao lado dele, o jornalista esportivo Jordan Schultz na posição de correspondente. Durant e seu sócio, Rich Kleiman, serão produtores executivos da série e prometem aparecer com frequência.

“Estamos entusiasmados por sermos parceiros da ESPN nesta série”, afirmou Durant. “Estou ansioso para trazer insights de fãs de algumas das maiores mentes do mundo dos negócios esportivos e mostrar como atletas e líderes estão mudando o jogo”, completou.

O acordo, que marca a primeira parceria da Thirty Five Media com a ESPN, ratifica a crescente presença do astro do Golden State Warriors na indústria do entretenimento. Dono de um canal no YouTube com mais de 27 milhões de visualizações, o atleta possui uma parceria com a plataforma de vídeo para auxiliar outros atletas a gerarem conteúdo na mesma. Há ainda uma estreita colaboração com a Imagine Television para uma série exclusiva para a Apple Tv.

“Este é um momento particularmente interessante para a indústria do esporte”, acrescentou Connor Schell, vice-presidente executivo de conteúdo da ESPN. “Os jogadores estão evoluindo cada vez mais de embaixadores de patrocínios para participantes ativos, tomadores de decisão e até mesmo proprietários. Estamos empolgados em colaborar com Kevin e Rich, que tiveram um profundo efeito na maneira como os atletas interagem com os negócios da comunidade esportiva e de investimentos”, finalizou.

Importante destacar que a Walt Disney Company, dona da ESPN, revelou na semana passada que a ESPN+ chegou a 1 milhão de assinantes em apenas cinco meses de existência. Portanto, a presença de conteúdo original torna-se um requisito indispensável para o seu crescimento.