Uncategorized

Sucesso absoluto, linha do PSG com marca de Michael Jordan esgota em poucas horas

Todas as peças colocadas à venda no site oficial do clube francês foram vendidas rapidamente

15 set, 2018

O Paris Saint-Germain anunciou esta semana uma pioneira parceria de licenciamento com a Jordan Brand, marca de Michael Jordan, para estampar o Jumpman no uniforme durante a Champions League 2018/19. Lançada oficialmente na sexta (14), a linha já é um sucesso absoluto entre torcedores e fãs.

De acordo com o espanhol As, todas as 5 mil peças colocadas à venda no site oficial do PSG foram vendidas em 3 horas. Ao redor do mundo, 20 mil produtos foram comercializados em um curto espaço de tempo. Segundo a publicação, assinada pelo jornalista brasileiro Fernando Kallás, as lojas do clube em Paris (estádio Parc des Princes e Champs Elysees), Tóquio e Doha se destacaram pela alta demanda.




“A parceria entre o Paris Saint-Germain e a Air Jordan reflete a ambição das duas marcas de aliar estilo, performance e inovação. Temos diversos valores em comum com a marca, conhecida mundialmente por sua história no basquete e pelo design contemporâneo. Esta parceria é animadora para a torcida, e vai nos ajudar a atingir um novo público e ampliar nosso alcance global”, afirmou Nasser Al-Khelaifi, presidente do PSG.

“A Air Jordan e o Paris Saint-Germain compartilham uma posição única, em termos de esporte e estilo. A relação com o clube surge de forma totalmente orgânica. Para nós, é uma grande satisfação juntar duas comunidades tão apaixonadas e colocar o símbolo no peito dos jogadores do PSG”, declarou Michael Jordan.

Nos últimos anos, a marca do camisa 23 do Chicago Bulls ganhou muito espaço em Paris. Em 2016, a companhia inaugurou uma loja própria na capital e, em 2017, ela tornou-se fornecedora de material esportivo da Federação Francesa de Basquete. Além disso, em 2024, a cidade francesa será sede dos Jogos Olímpicos e a Nike deseja, até lá, ter mais espaço na região que mais tem suado a camisa para superar a concorrência com a Adidas. Para os próximos anos, após esforços com Neymar e Federer, a estratégia de levar a marca Jordan a outras modalidades deve fazer suas vendas aumentarem consideravelmente.