Redes Sociais

Uber patrocina série de conteúdo do Cruzeiro

Materiais produzidos pelo clube para partida contra o Boca Jrs serão apresentados pela empresa

18 set, 2018

Nas quartas de final da Conmebol Libertadores, o Cruzeiro fará um importante e disputado duelo contra o Boca Juniors. Ciente do engajamento que terá vindo do seu torcedor no ambiente digital, o clube mineiro anunciou que fará uma cobertura in loco da partida e que a Uber será a patrocinadora oficial da iniciativa.

Todo o conteúdo será produzido pela equipe do Cruzeiro, e veiculado no site e nas redes sociais. Textos, fotos e vídeos, apresentados pela Uber, serão os formatos explorados pela Raposa.

“Juntamente com a nossa equipe de Conteúdo, estudamos como poderíamos criar novos formatos para atender ao mercado cada vez mais consumidor de materiais, ações e produtos midiáticos de qualidade. Além de uma série de Bastidores que produzimos a cada jogo, teremos várias iniciativas especiais, que podem ser diárias, semanais ou mensais”, detalhou Renê Salviano, Diretor de Marketing do Cruzeiro.

Esta sua inédita ação em parceria com a Uber é fruto de uma adaptação do clube em relação às atuais exigências do mercado.

“Em julho, fizemos um primeiro teste em um jogo amistoso, onde transmitimos via Facebook e Youtube, para justamente mensurar o alcance real, e como o mercado absorveria esta nova novidade. O resultado foi fantástico, durante o jogo-treino, o Cruzeiro registrou quase mil novos inscritos no YouTube. No mesmo canal, o vídeo teve mais de 55 mil visualizações. No Facebook, a publicação alcançou quase 300 mil pessoas, com 12 mil reações, comentários e compartilhamentos, isto tudo nos motivou a desenvolver outras propriedades para o nosso novo cardápio de produtos comerciais”, detalhou.

“Esse é só o começo, em breve vamos apresentar muitas outras novidades que já estão no forno, prontas para serem lançadas. Teremos várias séries de conteúdos para atender qualquer tipo de segmento. Além de nos adequar ao mercado atual, estamos focados em viabilizar novas propriedades para monetizar o clube”, concluiu.