Indústria

UEFA destinará parte dos lucros da EURO masculina para o futebol feminino

Entidade deseja fomentar atividades de inclusão e desenvolvimento da categoria no continente europeu

20 out, 2018

Como parte dos seus esforços para transformar a imagem do futebol feminino e ampliar o número de praticantes, a UEFA decidiu que destinará € 2.75 milhões anualmente para um fundo que irá fomentar atividades de inclusão e desenvolvimento da categoria em cada uma de suas 55 federações filiadas. Todas passarão a receber repasses 50% maiores, de € 100 mil para € 150 mil por temporada.

E o melhor: esses € 2.75 milhões vêm dos lucros da UEFA EURO masculina. Temos, portanto, um sistema de solidariedade, que, a cada quatro anos, destinará € 11 milhões no futebol feminino europeu.

Ainda que inicialmente o valor não pareça lá grande coisa, o foco em fomentar atividades de inclusão e desenvolvimento do futebol feminino, por si só, já torna a iniciativa louvável. Segundo a UEFA, em 2017, 960.959 das 1.365.524 jogadoras registradas em suas federações eram de categorias até sub-18. Um envolvimento que forma atletas profissionais, líderes esportivas e sociais (conheça o programa Women’s Football Leadership Programme). Há ainda outro fator de suma importância: o público, pilar fundamental para que o futebol feminino se sustente.

Os € 2.75 milhões anuais certamente contribuirão para que o futebol seja o esporte mais praticado entre as mulheres da Europa.