Publicidade
Atletas

Em ação da Red Bull, Ricciardo e Verstappen descobrem o ‘futebol raiz’ em São Paulo

Apesar do bom humor durante toda a ação, pilotos não mostraram intimidade com a bola nos pés

9 nov, 2018 Escrito por MKT Esportivo

Aproveitando a proximidade do Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1, a Red Bulll levou seus dois pilotos a uma quadra de futsal embarcando no conceito de “futebol raiz”. O Daniel Ricciardo e Max Verstappen foram à Vila Madalena, zona oeste da capital paulista, e jogaram bola com alguns jovens convidados.

Os jogadores de freestyle Lu “Caneta” e Kelwin Alves, e também as atletas profissionais Ketlen Wiggers e Kelly Rodrigues, marcaram presença no evento. O mote da iniciativa foi mostrar aos pilotos de onde surgem as habilidades dos boleiros brasileiros que mostram suas habilidades mundo afora.

“Eu acho que fiz tudo certo e aprendi algumas coisas. Principalmente na habilidade, eu ganho do Max, mas ele tem um chute muito bom. É a única coisa que ele sabe fazer bem, mas é o que resulta em gols. E ele corre muito, porque é mais jovem, tem a maior energia, então leva vantagem”, comentou Daniel Ricciardo,

“A gente praticou uns dribles e malabarismos antes do jogo. Eu consigo fazer tudo isso jogando videogame, mas lá os jogadores são mais habilidosos do que eu. Aqui, quando começa a partida, você acaba recorrendo aos velhos hábitos, que são correr e tentar fazer gols. Foi legal ver como funciona o jogo e deu para suar um pouco. Mas a verdade é que o Daniel não entendeu o jogo. Ele gosta de carregar a bola com as mãos, como os australianos”, brincou Max Verstappen, em alusão ao rúgbi.

Apesar do bom humor durante toda a ação e das tentativas de dribles, vale destacar que, à exemplo do australiano, o holandês não mostrou muita intimidade com a bola nos pés.