Publicidade
Indústria

Nike é eleita a anunciante do ano no mercado norte-americano

Uso de Colin Kaepernick e o impacto de sua campanha pelos 30 anos do ‘Just do It’ foram determinantes para o prêmio

5 dez, 2018 Escrito por MKT Esportivo

Por sua coragem de colocar como protagonista da campanha pelos 30 anos do icônico slogan “Just do It” o ex-jogador da NFL, Colin Kaepernick, e ter causado as mais diferentes reações e impactos entre o público norte-americano, a Nike foi eleita a anunciante do ano (Marketer of the Year) nos Estados Unidos.

O swoosh figura na liderança da edição 2018 do A-List publicada pela especializada Advertising Age. Ainda que a Nike tenha atraído fortes críticas por sua opção, ela também foi aclamada por sua apaixonada base de fãs. Por este motivo, a gigante do país ficou no centro de um debate sem precedentes, que movimentou celebridades, esportistas (como LeBron James) e até mesmo o presidente Donald Trump. Além disso, ela registou um relevante aumento de vendas entre os consumidores millennials, um dos seus públicos prioritários.

“A Nike recuperou o equilíbrio e está solidamente voltando à sua melhor forma”, disse Camilo Lyon, analista de varejo da Canaccord Genuity. Ainda de acordo com o profissional, antes da campanha com Kaepernick, a empresa estava perdendo espaço para a Under Armour, a Adidas e algumas startups.

Com a campanha, o impacto foi imediato. A receita subiu para US$ 9.9 bilhões no trimestre encerrado em 31 de agosto, aumento de 10% em relação ao mesmo período do ano anterior. O lucro líquido no trimestre saltou 15% em relação ao ano passado, para US $ 1.1 bilhão. Por fim, a divisão digital da marca se destacou: no trimestre, as vendas aumentaram 36% .

Coca-Cola, MedMen (varejista de maconha), Fenty Beauty (do setor de cosméticos e beleza), a cantora Rihanna, Warner, a NBA e a Salesforce são outras marcas de destaque no ranking da Advertising Age.