Patrocínio

Após Corinthians, BMG anunciará acordo com o Atlético-MG

Com a saída da Caixa, clubes vão ao mercado em busca de um novo parceiro máster

21 jan, 2019

Com a debandada da Caixa do futebol, muitos clubes estão no mercado em busca de um novo patrocinador máster. Este era o caso do Atlético-MG, que oficializará o Banco BMG como o novo parceiro principal do seu uniforme na próxima semana. De acordo com o jornal “O Tempo”, de Belo Horizonte, o contrato será de dois anos. Trata-se do retorno da empresa ao clube mineiro, que o patrocinou de 2010 até o final de 2014.

Ouça o MKTEsportivoCast, o seu podcast oficial de marketing esportivo

“O Banco BMG e o Atlético iniciaram as tratativas de uma nova parceria. Os detalhes do modelo do negócio, que vai além do patrocínio, serão divulgados na próxima semana”, divulgou o clube pelo Twitter. Ontem, em sua estreia no Campeonato Mineiro, o uniforme da equipe trazia o logotipo da companhia no espaço máster. As partes, no entanto, afirmaram que se tratou de uma presença pontual.

Desde a saída da Caixa, o Galo passou a negociar com outras empresas, entre elas, o Banco Inter, atual patrocinador do São Paulo. Neste caso, pesou a boa relação de Ricardo Guimarães, proprietário do BMG, com Sérgio Sette Câmara, presidente atleticano.

Pelo lado da instituição financeira, após uma forte ofensiva no futebol, ela deixou a modalidade fora de sua comunicação a partir de 2015. A companhia quebrou o hiato ao fechar com na última semana um acordo de R$ 30 milhões fixos (+bonificações) com o Corinthians.

Para 2019, o orçamento do Atlético aprovado pelo Conselho tem como objetivo angariar R$ 35 milhões em patrocínios, mesmo valor do orçamento do ano passado.

Especula-se que o BMG pode chegar também ao Vasco. Em 2018, a marca do banco digital Help esteve no uniforme do clube carioca de maneira pontual.