Indústria

Empresa de Cingapura adquire participação minoritária na Inter de Milão

LionRock Capital desembolsará € 150 milhões por 31.05% do clube italiano

25 jan, 2019

A Inter de Milão confirmou hoje que a LionRock Capital adquiriu uma participação de 31.05% no clube. A firma de investimentos sediada em Cingapura desembolsará um total de € 150 milhões com a International Sports Capital HK Limited para assumir as ações do agora ex-proprietário Erick Thohir.

Com o movimento, a LionRock torna-se a nova proprietária minoritária Inter atrás apenas da holding chinesa Suning, que adquiriu uma participação majoritária na equipe em 2016.

“Em 2018, graças aos esforços de toda a equipe, de nossa equipe de coaching e jogadores, alcançamos resultados fortes em desempenho esportivo, crescimento comercial e inovações de marketing e mídia”, disse o presidente do Inter, Steven Zhang. “Isso nos dá total confiança para o desenvolvimento futuro do clube e levou ao interesse da LionRock Capital.”, completou.

“Estamos muito otimistas sobre as perspectivas de desenvolvimento de negócios de todas as atividades relacionadas a esportes e com mais de 110 anos de história e influência global na área de futebol, a Inter tem potencial de desenvolvimento futuro emocionante”, disse o empresário chinês-americano Daniel Kar Keung Tseung, dono e diretor administrativo da LionRock. “A LionRock Capital apoiará totalmente o principal objetivo da Inter de tornar o clube um dos principais clubes de futebol do mundo, dentro e fora do campo.”, finalizou.

Fundada em 2011 por Tseung, a LionRock já possui ações do grupo Suning Sport, o que aumenta a especulação que o investimento da empresa abrirá caminho para a Suning assumir o controle total da Inter no futuro.