Patrocínio

NFL segue tendência e fecha parceria com conglomerado de cassinos

Liga segue NBA e aproveita flexibilização de regra que proibia apostas esportivas na grande maioria dos estados do país

3 jan, 2019

Em maio, a Suprema Corte dos Estados Unidos pôs fim a uma lei federal de 1992, que era conhecida como Lei de Proteção ao Esporte Profissional e Amador (PASPA). A regra proibia apostas esportivas na grande maioria dos estados do país, mas, ao mesmo tempo defendia uma lei estadual de Nova Jersey que permitia a prática em cassinos e hipódromos para crianças de mais de 21 anos. Tal liberação fez com que ligas e equipes esportivas fechassem acordos com empresa do setor.

Neste sentido, após NBA e WNBA serem pioneiras no país ao aproveitar a mudança e fechar um acordo de US$ 25 milhões com a gigante de hospitalidade e entretenimento MGM Resorts International, chegou a vez da NFL nomear a Caesars Entertainment como sua primeira parceira de cassino oficial. De acordo com o portal Bloomberg, o acordo valerá US $ 30 milhões por temporada. Ativos como o Super Bowl e o NFL Draft farão parte do negócio.

EXCLUSIVO: Quanto as principais ligas dos EUA poderiam arrecadar com apostas?

“Combinar a experiência da NFL com a Caesars em entretenimento de classe mundial proporcionará aos nossos fãs experiências únicas nos Estados Unidos e no exterior”, disse Renie Anderson, vice-presidente sênior de parcerias, patrocínio e produtos de consumo da NFL.

“Todos nós da Caesars Entertainment estamos entusiasmados em ser o primeiro parceiro de cassino da NFL, a mais importante liga esportiva da América do Norte”, destacou Mark Frissora, presidente e diretor executivo da Caesars Entertainment. “Combinar os 180 milhões de fãs da liga com nossos 55 milhões de membros do programa de fidelidade Total Rewards irá expor milhões de pessoas às oportunidades exclusivas e excitantes durante todo o ano em nossas propriedades”, completou.

Diferente da liga de basquete, o acordo envolvendo o futebol-americano não inclui apostas esportivas, fantasy ou quaisquer direitos que envolvam a exploração de dados. O contrato permite ao Caesars o uso das marcas oficiais da NFL em território norte-americano e Reino Unido. Na liga, a rede de cassinos mantém relações com oito equipes e também é parceira do novo estádio do Oakland Raiders, em Las Vegas.

Em agosto, a NFL anunciou que passaria a permitir que casas de apostas patrocinem as franquias. Entretanto, algumas regras devem ser seguidas, como por exemplo, a impossibilidade de anunciar de maneira explícita as empresas do setor. Está liberado, por exemplo, que as equipes recebam investimento de casas de apostas oferecendo espaços publicitários em programas de pré e pós-partida.

Como contrapartida, as empresas do segmento poderão explorar os logotipos das franquias em peças publicitárias. Os estádios também estão livres para aceitar acordos de naming rights destas marcas.