Indústria

Por adequação ao mercado, Utah Jazz eleva preço dos ingressos em 150%

Medida visa também combater a venda de entradas no mercado ilegal

11 jan, 2019

Visando se adequar ao mercado esportivo local, o Utah Jazz anunciou que aumentará significativamente os preços dos ingressos para a temporada de 2019-20. O movimento é fruto também do sucesso de vendas da atual campanha, que esgotaram em um curto espaço de tempo tão logo foram colocados à venda.

A mudança impactará, principalmente, o setor mais barato da Vivint Smart Home Arena. Os assentos que hoje custam entre US$ 6 e US$ 12 por jogo, agora subirão para US$ 15 e US$ 30, respectivamente. Um espantoso aumento de 150%.

Com esta nova política de preço, o Utah Jazz acredita que agora estará mais alinhado com o restante da liga, bem como de outras equipes locais.

“O bilhete mais barato para o futebol de Utah é de cerca de US$ 30, US$ 20 para a BYU (Brigham Young University), US$ 16 para o Real Salt Lake e US$ 14 para o Utah Grizzlies”, explicou a franquia por meio de um e-mail enviado aos fãs.

Com a medida, o Jazz buscará também impedir que muitos de seus ingressos mais baratos sejam vendidos no mercado ilegal por preços muito mais altos.

“Essa abordagem também lida contra a manipulação de preços no mercado secundário”, acrescentou o comunicado. “Ao regulamentar melhor os preços, esperamos preservar uma estrutura de preços justa para todos os hóspedes, independentemente de onde eles estejam”, completou.