Indústria

Chelsea é punido pela FIFA e não poderá inscrever novos jogadores

Punição valerá pelas próximas duas janelas de transferências. Clube terá 90 dias para reverter o caso

22 fev, 2019

O Chelsea está proibido de inscrever novos jogadores nas duas próximas janelas do mercado europeu (verão de 2020). A punição é do Comitê Disciplinar da FIFA e fruto de 29 casos de transferências de jogadores da base que violaram os regulamentos. O clube inglês ainda foi multado em € 528 mil, enquanto a Federação de Futebol Inglesa (FA) terá de pagar cerca de € 448 mil.




Os Blues têm agora 90 dias para entrar com um efeito suspensivo. O time foi enquadrado no 19º artigo, que trata sobre transferências de jogadores com menos de 18 anos. A determinação, no entanto, não impede venda.

“Descobriu-se que o Chelsea violou o artigo 19 dos regulamentos no caso de 29 atletas menores e cometeu várias outras infrações relacionadas com os requisitos para o registo de jogadores”, destacou a FIFA, em nota.

O Chelsea não é o primeiro clube a ser penalizado por este tipo de irregularidade. Real Madrid, Atlético de Madrid e Barcelona também foram alvo de investigação da entidade suíça.