Indústria

F1 renova acordo e seguirá com GP do Azerbaijão até 2023

A Liberty Media já havia renovado com as provas realizadas na Alemanha, Bélgica, Cingapura, China e Japão

5 fev, 2019

A Liberty Media anunciou hoje a continuidade do circuito de Baku na Fórmula 1 até 2023. O novo acordo foi assinado pelo presidente e CEO da F1, Chase Carey, e o ministro dos esportes do país situado entre o leste europeu e a Ásia Ocidental, Azad Rahimov. Com a categoria, a cidade tem impulsionado o setor hoteleiro, atraído investidores e aquecido a economia local.

“O novo acordo permitirá que nossos parceiros maximizem as suas receitas comerciais, em especial por meio de ativações que envolvem cada vez mais os fãs. Além disso, com essa garantia de ao menos mais cinco provas em Baku, tentaremos novas abordagens de patrocínio”, disse Azad Rahimov.

“Em pouco tempo, esta corrida se tornou uma das mais populares da temporada, sempre gerando corridas espetaculares e disputadas”, completouChase Carey.

Antes do Azerbaijão, a Liberty Media já havia renovado com as provas realizadas na Alemanha, Bélgica, Cingapura, China e Japão. Além disso, já encaminhou acerto com o Vietnã para que faça sua estreia na categoria em 2020.

O MKTEsportivo destacou em janeiro como a audiência global da F1 aumentou na última temporada e a importância do Brasil nos números. No período, foram aproximadamente 1,76 bilhão de telespectadores, 10% a mais com relação a 2017. Na Tv, o público dos 20 principais mercados ficou em 1.590 bilhão, aumento de 3% em relação ao ano anterior.