Publicidade
Indústria

Liverpool fecha temporada com o maior lucro da história do futebol

Vice-campeonato da UEFA Champions League impulsionou os ganhos dos Reds

11 fev, 2019 Escrito por MKT Esportivo

Recorde absoluto na história do futebol, o Liverpool FC anunciou um lucro antes de impostos de £ 125 milhões (€ 143 mi) para o ano fiscal terminado em maio de 2018.

Os Reds superaram a antiga marca que também pertencia ao futebol inglês, mais precisamente ao Leicester City, que ao sagrar-se campeão da Premier League em 2015/2016 fechou a temporada com lucro de £ 92.5 milhões.




O número do Liverpool representa um aumento de £ 85 milhões em relação ao seu ano anterior. O clube cresceu nas três principais frentes do fluxo de receita, muito em função do seu quarto lugar na liga inglesa e o vice-campeonato da UEFA Champions League. Neste sentido, as receitas de mídia e transmissão registraram o maior crescimento, saltando de £ 66 milhões para £ 220 milhões. Já os ganhos comerciais representaram £ 154 milhões (aumento de £ 17 milhões), enquanto o faturamento com matchday bateu a marca de £ 81 milhões, valorização de £ 7 milhões em relação ao ano financeiro de 2017. Somente com o desempenho na UCL, o clube embolsou £ 72 milhões.

“O que temos visto é uma melhoria estável e sustentada na posição financeira do clube nos últimos anos. Os resultados financeiros flutuam, dependendo dos custos de negociação de jogadores e do momento dos pagamentos, mas o que está claro nestes últimos resultados é o fortalecimento adicional de nossa base financeira, e lucros sendo reinvestidos no plantel e infraestrutura”, disse Andy Hughes, diretor de operações do Liverpool.

Na temporada 2017/2018, o Liverpool fechou oito novos patrocinadores em todo o mundo, além de ter renovado com outros quatro parceiros do seu portfólio. No segundo caso, destaque para a renovação com a Standard Chartered por mais quatro anos, no valor de £ 160 milhões. Já as plataformas de mídia social tiveram um crescimento de 14%, levando o total de fãs em todos os canais para mais de 60 milhões de seguidores.

No geral, o volume de negócios atingiu um recorde de £ 445 milhões, £ 90 milhões acima do valor apresentado em 2017.