Indústria

Após China, City Football Club mira mercado indiano

O escolhido do grupo será o Mumbai City, da Indian Super League

7 mar, 2019

Uma semana após anunciar a aquisição de uma equipe chinesa, a sétima do seu portfólio, o City Football Club está prestes a comprar uma participação (ou totalidade) de um clube indiano para aumentar seu crescente portfólio global. O escolhido será o Mumbai City e o negócio deverá ser concretizado antes do início da temporada 2019/2020 da Indian Super League (ISL), em setembro.

Em entrevista à BBC, o diretor-executivo do grupo, Ferran Soriano, afirmou que o grupo estava “olhando para a Índia há quase dois anos” e que era provável que o investimento no país ocorresse ainda esse ano.

“Com todos esses desenvolvimentos, precisamos ser pacientes. Temos algum interesse em alguns mercados e países onde há uma verdadeira paixão e oportunidades no futebol, como a China, mas também a Índia. Então, pode haver outras oportunidades na Ásia”, completou Soriano.

O executivo destacou ainda o interesse de possuir um clube em todos os continentes, deixando claro que o City Football Group deve ainda adquirir outras três equipes.

O Mumbai City FC atravessa dificuldades financeiras e implementou uma série de medidas de redução de custos visando a disputa da próxima temporada. Mesmo assim, o time registra bons resultados dentro de campo. Atualmente, o portfólio do CFG conta com participações na Europa (Girona e Manchester City), América do Norte (NYC FC), Oceania (Melbourne City), Ásia (Sichuan Jiuniu Yokohama F. Marinos) e América do Sul (Atlético Torque e Atletico de Venezuela).