Publicidade
Indústria

Goldman Sachs fará empréstimo para erguer novo estádio de AC Milan e Inter

Grupo financeiro é o mesmo que auxilia a AS Roma na construção de sua nova casa

12 mar, 2019 Escrito por MKT Esportivo

O MKTEsportivo destacou no mês passado o desejo das equipes de Milão de darem um passo para ter uma nova casa. O plano da dupla é demolir o atual San Siro/Giuseppe Meazza e construir um novo ao lado, a poucos metros do local. A construção está orçada em € 600 milhões. O valor é o dobro do que pretende gastar a AS Roma e mais de três vezes o custo do Juventus Stadium.

O projeto inclui uma arena de 60 mil pessoas, que contará com um shopping e uma adaptação para shows, com capacidade para 5 mil pessoas. A novidade fica por conta de Inter e AC Milan terem procurado os norte-americanos da Goldman Sachs visando um empréstimo para viabilizar as obras. Trata-se de um trabalho já feito pela empresa dentro do futebol, mais especificamente no Espai Barça, projeto de modernização de todas as estruturas do FC Barcelona, e também do futuro estádio da AS Roma.

Como estudo de viabilidade e receitas, os rivais de Milão analisaram duas arenas compartilhadas nos Estados Unidos: a Mercedez-Benz Arena, utilizada pelo Atlanta Falcons (NFL) e Atlanta United (MLS); e o MetLife Stadium, casa do NFL New York Giants e o New York Jets, ambos da NFL.

Com o início das obras, Inter de Milão e Milan definiram como prioridade a venda dos naming rights por € 25 milhões por temporada.