Patrocínio

Cruzeiro não seguirá com a Umbro e fecha com a Adidas por três anos

Apesar de satisfeito com a Umbro, clube optou por não renovar para 2020 e já informou a inglesa sobre sua decisão

10 abr, 2019

O Cruzeiro será mais um clube brasileiro presente no portfólio da Adidas. De acordo com o jornalista Jaeci Carvalho, do Estado de Minas, o acordo do time mineiro com a alemã será válido por três anos, podendo ser prolongado por mais três, e culminará com uma das datas mais esperadas da história cinco estrelas: o seu aniversário de 100 anos. Os valores envolvidos na negociação não foram divulgados.




Apesar de satisfeita com a Umbro, sua atual fornecedora de material esportivo, a Raposa optou por não renovar após dezembro de 2019 e já até informou a inglesa sobre sua decisão. A visibilidade e a preferência dos cruzeirenses pela três listras foram fundamentais para a troca. Vale lembrar que a Adidas esteve na camisa do Cruzeiro de 1985 a 1989.

Já de acordo com o Hoje em Dia, os futuros novos uniformes do Cruzeiro serão vendidos em território nacional, bem como em lojas fora do Brasil para expandir o nome da equipe no exterior. Esta estratégia já é ativada pela empresa com outros patrocinados do país.

Como ainda tem contrato com a Umbro, o clube mineiro não se pronunciará sobre a mudança de patrocinador tão cedo. No Brasil, a Adidas é responsável pelos uniformes de São Paulo e Flamengo.