Indústria

Recordista, Copa do Mundo Feminina divulga números parciais de vendas de ingressos

Até aqui, foram mais de 720 mil bilhetes vendidos, o que coloca o torneio de futebol feminino como recordista nesse quesito

18 abr, 2019

Exatos 50 dias para o pontapé inicial da Copa do Mundo de Futebol Feminino 2019, a FIFA aproveitou para apresentar os números parciais das vendas de ingressos até o momento. Até aqui, foram mais de 720 mil bilhetes vendidos, o que coloca o torneio de futebol feminino como recordista nesse quesito. Em março, o MKTEsportivo já havia divulgado o número registrado tão logo as vendas iniciaram.

Sobre a demanda, a partida de abertura, entre França e Coreia do Sul, no Parc de Princes, em Paris, no dia 7 de junho, já não tem mais entradas disponíveis. O mesmo ocorre com as duas semifinais e a final do Mundial, ambas disputadas no Stade de Lyon.

Já para as partidas entre Holanda x Camarões, Nigéria x França e Suécia x Estados Unidos, os ingressos se esgotaram em tempo recorde. A entidade ainda divulgou que o meio de pagamento mais utilizado até o momento foi o cartão de crédito da Visa, patrocinador oficial da Fifa.

“A oitava edição da Copa do Mundo Feminina da Fifa mostrará as maiores jogadoras de todo o mundo viajando para a França neste verão. Os números das vendas de ingressos mostram que as pessoas estão empolgadas com a competição, e estamos ansiosos para ver os estádios em toda a França lotados de fãs apaixonados”, disse Philippe Le Floc’h, diretor comercial da Fifa.

“Hoje é uma data simbólica que nos aproxima do início da competição, que começa no dia 7 de junho, no Parc des Princes, em Paris. Estamos todos ansiosos pelo início da Copa do Mundo Feminina da Fifa, e o sucesso na venda de ingressos mostra que os torcedores franceses e também estrangeiros sentem o mesmo”, completou Erwan Le Prévost, diretor do Comitê Organizador Local.

 

A Copa do Mundo Feminina da Fifa 2019 será realizada entre os dias 7 de junho e 7 de julho. O torneio compreenderá nove cidades da França. São elas: Grenoble, Le Havre, Lyon, Montpellier, Nice, Paris, Reims, Rennes e Valenciennes. O Brasil está no Grupo C, ao lado de Jamaica, Austrália e Itália.