Indústria

EC Bahia lança linha em apoio ao Dia Internacional de Combate à LGBTfobia

A primeira camisa do Esquadrão conta com a participação do jornalista baiano Osmar Marrom

17 maio, 2019

Ratificando sua posição de um dos clubes mais socialmente engajados do Brasil, o Esporte Clube Bahia irá abraçar a pluralidade de sua torcida e lançará uma linha de camisas em homenagem ao Dia Internacional de Combate à LGBTfobia, comemorado nesta sexta-feira (17).

A primeira peça do Esquadrão foi apresentada hoje e conta com a participação do jornalista Osmar Marrom. Somente neste ano, o clube baiano apresentou iniciativas contra a violência nos estádios e uma programação especial para celebrar o Abril Indígena.

O Brasil é o país com mais registros de homicídios de pessoas transexuais e transgêneras. Nas últimas cinco décadas, mais de oito mil pessoas foram assassinadas por conta da orientação sexual. Os dados muitas vezes inibem a participação de gays e lésbicas em áreas onde a discriminação é mais latente, como no futebol. Já segundo a ONG Trangender Europe, o Brasil é o país com maior índice de pessoas travestis e transexuais assassinadas no mundo.

Para a Associação Nacional de Travestis e Transexuais, a expectativa de vida desta população no Brasil é de 35 anos. A mesma organização estima que 90% das travestis e transexuais brasileiras estão relegadas à prostituição para conseguir sobreviver.