Patrocínio

Guaraná lança campanha só com jogadoras da seleção feminina

Marca exalta futebol feminino e lança desafio aos demais patrocinadores

9 maio, 2019

A proximidade da Copa do Mundo feminina, que será realizada a partir de 7 de junho, na França, já tem sido ativada pelo mercado. Prova disso é que, pela primeira vez, um patrocinador da Seleção Brasileira desenvolveu uma campanha exclusiva para a equipe. O Guaraná Antarctica lançou ontem (8) uma ação publicitária que conta apenas com jogadoras da equipe. E ela ainda provoca os demais patrocinadores.

Tendo como protagonistas Fabi, Andressinha e Cristiane, a peça lembra que, em 2018, no ano da Copa do Mundo da Rússia, nenhuma mulher foi utilizada para retratar o futebol brasileiro. Sem citar o Mundial, a marca provoca ao afirmar que as atletas conseguem fazer publicidade e lança o desafio para outras empresas aderirem à seleção.

“É sempre muito importante quando uma marca abre espaço para o futebol feminino no Brasil. Mesmo com todo o sucesso nos últimos anos, ainda não existe muito espaço para as jogadoras. Com essa iniciativa, esperamos que essa situação mude”, declarou a atacante Cristiane, em nota.

Convidadas pela empresa, as três atletas estiveram em um ensaio fotográfico simulando a participação em propagandas de diversos segmentos, como beleza, produtos esportivos, cartão de crédito, entre outros. A ideia é que essas imagens sejam negociadas com as marcas interessadas e que o valor arrecadado com a venda seja dividido entre as jogadoras e o Joga Miga, um projeto sem fins lucrativos, que conecta mulheres que querem jogar futebol. Os interessados deverão entrar em contato direto pela rede social.

“Neste ano, o Guaraná Antarctica tem a proposta de valorizar tudo o que o Brasil tem de bom, tudo o que é ‘Coisa Nossa’. E uma das coisas boas do país é o futebol feminino. Queremos mostrar para as pessoas todo o potencial dessas meninas, todo o sucesso que elas já alcançaram e tudo o que ainda podem alcançar”, disse Daniel Silber, gerente de marketing de Guaraná Antarctica.