Indústria

Liverpool escolhe os Estados Unidos como casa de sua pré-temporada

Clube inglês deseja expandir sua marca no país e irá enfrentar o Borussia Dortmund, Sevilla e Sporting

13 maio, 2019

Enquanto se prepara para a grande decisão da UEFA Champions League, o Liverpool planeja o início da temporada 2019/2020 e já definiu um foco de expansão global: o mercado americano.

Em julho, durante sua pré-temporada, os Reds farão três amistosos em diferentes cidades. O clube enfrentará o Borussia Dortmund, em Notre Dame, Indiana; o Sevilla, em Boston, Massachusetts; e o Sporting, em Nova York. Segundo o Liverpool, os adversários foram escolhidos para que o elenco tenha testes de alto nível visando a próxima temporada europeia.

“Estamos indo para três locais incríveis este ano. Cada um desses estádios tem um patrimônio arraigado semelhante ao nosso, e enfrentaremos três grandes equipes. Esta viagem para os EUA será muito especial, e estamos ansiosos para ter tantos de nossos apoiadores conosco ao longo do caminho”, disse Billy Hogan, diretor administrativo e comercial do Liverpool.

“O futebol nos EUA vem crescendo, ganhando força na última década. E o Liverpool está aumentando sua base de fãs no país. Há alguns anos, havia apenas 24 fã-clubes de torcedores por lá. Agora já são 49”, comentou Bruce Grobbelaar, ex-goleiro do Liverpool entre 1981 e 1994, que será embaixador da turnê.

Bruce Grobbelaar ainda aponta que o desembarque de grandes clubes europeus nos Estados Unidos é muito importante para o futebol do país, impactando, principalmente, na popularidade do mesmo entre os mais jovens.

“Se você olhar para a MLS, eles atraíram muitos jogadores estrangeiros da Europa e da América do Sul nos últimos anos. As gerações mais jovens dos EUA verão isso e terão cada vez mais vontade de acompanhar o futebol internacional”, completou Grobbelaar.

Antes do período de jogos, o Liverpool fará uma ativação com os ex-jogadores David Johnson, Roy Evans e Howard Gayle, que irão a Las Vegas para conversar com fãs e contar um pouco de suas passagens pelos Reds.