Indústria

Band comemora números obtidos com a série decisiva da NBA

Emissora registrou média de 2 pontos de audiência no maior mercado do país

18 jun, 2019

A Band tem muito o que comemorar a volta do basquete em sua programação após quase duas décadas. De acordo com o portal Notícias da TV, o confronto decisivo da NBA, que culminou com uma série de seis jogos entre Toronto Raptors e Golden State Warriors, fez com que a emissora conquistasse média de 2 pontos de audiência no maior mercado do país (cada ponto equivale a 73.105 domicílios na Grande São Paulo).

O duelo decisivo alcançou picos de 4 pontos no Ibope na mesma região, fechando com 2.9 pontos de média e fazendo com que a audiência do canal tivesse um crescimento de 114% no horário, se comparada às quatro quintas anteriores.

As transmissões das partidas ocuparam, na média, o quarto lugar entre as emissoras de TV aberta e foram vistas por mais de 2.3 milhões de telespectadores na Grande São Paulo. Já no âmbito nacional, a Band impactou 7 milhões de pessoas. No ibope nos 15 principais mercados do país, os seis jogos da NBA fecharam com média de 2 pontos (neste caso, cada ponto representa 254.892 domicílios).

A volta do basquete americano à TV aberta era um desejo antigo da NBA. Desde 2012,  quando estabeleceu um escritório no Brasil, o objetivo era fazer com que um canal gratuito exibisse a competição. A última vez que um jogo da temporada tinha sido exibido por ela foi no ano 2000. Em 2004, a RedeTV! conseguiu um acordo e transmitiu a temporada regular da liga.

Ainda não se sabe se a NBA seguirá na emissora em 2020. Certo é que a Tv aberta poderá ampliar ainda mais o alcance da liga e fazer com que patrocinadores se interessem em custear a transmissão na Band.