Streaming

Champions League no Facebook reuniu 24 milhões de torcedores na América Latina

Usuários geraram mais de 48 milhões de interações ao longo do torneio

12 jun, 2019

A decisão do Facebook de adquirir os direitos de transmissão da UEFA Champions League para as temporadas de 2018-2021 no Brasil e nos países de língua espanhola na América Latina surtiu um efeito muito positivo.

Durante a temporada 2018/2019, o Facebook Watch reuniu mais de 24 milhões de pessoas na América Latina, que assistiram ao menos um minuto dos jogos pelo Watch e geraram mais de 48 milhões de interações ao longo do torneio. Na região, 67% desses espectadores tinham menos de 35 anos.

Naturalmente, a final disputada em 1º de junho, que colocou frente à frente Liverpool e Tottenham, foi o duelo que mais atraiu audiência, com aproximadamente cinco milhões de pessoas na América Latina assistindo ao menos um minuto da decisão pelo Watch, gerando mais de 4 milhões de interações. O sucesso do digital completou uma temporada de sucesso do torneio no Brasil.

Na Tv, a decisão foi a mais assistida da história. De acordo com números do Kantar IBOPE, o TNT teve média de 10.65 pontos de audiência e pico de 12.62 entre domicílios com TV paga no país. Isso significa que a transmissão impactou cerca de 2.9 milhões de domicílios, com aproximadamente 3.7 milhões de assinantes sintonizados durante o duelo. Já na página oficial do Esporte Interativo no Facebook, foram 1.3 milhão de interações e 7.4 milhões de usuários únicos, números que também nunca haviam sido alcançados.

Para o mercado brasileiro, as transmissões são feitas em parceria com o Esporte Interativo por meio da página do canal no Facebook e na da UEFA Champions League. Ao todo, são 66 partidas por temporada, incluindo as semifinais e final, sendo 41 delas exclusivas no Facebook Watch.

Lançada globalmente há menos de um ano, a plataforma de vídeos do Facebook já alcançou um patamar de mais de 720 milhões de visitas por mês. Em média, as pessoas passam cerca de 26 minutos no Watch diariamente.