Patrocínio

Google fecha patrocínio inédito com Jogos Olímpicos de Tóquio

Empresa assumirá a categoria de serviços de informação e navegação baseados na internet

28 jun, 2019

O braço japonês do Google será apoiador oficial dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio 2020. Trata-se de um movimento inédito em sua história. Pelo acordo, a empresa assumirá a categoria de serviços de informação e navegação baseados na internet. Importante destacar que foi na cidade japonesa que a companhia abriu seu primeiro escritório internacional, em 2001.

“Estamos muito satisfeitos em receber o Google, uma empresa que fornece vários serviços, incluindo pesquisa na internet, mapas on-line e tradução de idiomas, como um suporte oficial. Com o apoio deles, esperamos que os Jogos de Tóquio 2020, que atrairão pessoas de todo o mundo, gerem ainda mais emoção”, disse Yoshiro Mori, presidente do Comitê Tóquio 2020. Recentemente, aproximadamente 7.5 milhões de japoneses sinalizaram interesse em adquirir entradas para a Olimpíada que será realizada no Japão.

Com impressionantes 64 parceiras, Tóquio-2020 já ultrapassou com folga a estimativa de faturamento oriundos de patrocinadores. Nesta semana, o Comitê Tóquio 2020 anunciou que a organização do evento já bateu a marca de US$ 3.1 bilhões apenas em receitas com patrocínios domésticos, um recorde histórico. Até então, Londres 2012, que faturou US$ 1,1 bilhão com aportes, tinha sido a edição olímpica com maior arrecadação.