Podcasts

‘O sucesso da parceria Corinthians & Ronaldo’, com Guilherme Prado

30 jun, 2019

Após a conquista da Série B em 2008 e o retorno à elite do futebol brasileiro no ano seguinte, o Corinthians deu um presente fenomenal de Natal aos seus torcedores. No dia 12 de dezembro de 2009, o Timão apresentava Ronaldo como novo reforço e colocava, não somente o nosso futebol, mas também o mercado de marketing esportivo brasileiro em um novo patamar.

Em campo, Ronaldo contribuiu para os títulos paulista e da Copa do Brasil em 2009. Ao todo, foram 69 jogos e 35 gols marcados entre 2009 e 2011. Fora dele, o clube viu seu faturamento alcançar números expressivos, saltando de R$ 117.5 milhões para R$ 181 milhões em um curto espaço de tempo. Em 2010, o clube ultrapassou a marca de R$ 200 milhões.

‘Heineken & Champions League’, com Vanessa Brandão (Heineken Brasil)

‘Copa do Brasil & Continental’, com Caio De Marchi (Continental)

Neste terceiro episódio da série ‘Cases‘, o MKTEsportivoCast recebeu Guilherme Prado, assessor de imprensa do Corinthians entre 2007 e 2015. No período, o profissional manteve uma relação muito próxima de Ronaldo e contou diversas curiosidades.

“O Corinthians ofereceu R$ 400 mil por mês para Ronaldo. Era algo muito mais alto do que se oferecia na época, mas muito pouco perto do que ele recebia. Era o que o clube podia pagar. Em 2008, tínhamos outro mundo em termos de arrecadação”, disse Guilherme.

Diante de um novo ativo a ser trabalhado, o profissional abordou o aumento da demanda por parte da imprensa e como conseguia filtrar todos os pedidos que chegavam ao clube.

“(Na mídia) Buscávamos relevância para ele e para o Corinthians. O Ronaldo ampliou a presença do futebol. Em Presidente Prudente (após o duelo contra o Palmeiras), ele fez um link ao vivo com o Faustão. Qual era a chance de isso acontecer até então? Ronaldo tinha noção de onde deveria estar”, confessou.

A demorada na chegada de novos patrocinadores mesmo com Ronaldo no Corinthians, a relação com a Nike e como o modelo comercial proposto pelo clube foi vantajoso para o jogador, foram outros temas abordados no podcast.