Atletas

Agência americana terá nova divisão para atender futebol feminino

Wasserman representa mais da metade das jogadoras da seleção americana, incluindo Megan Rapinoe e Alex Morgan

15 jul, 2019

A Wasserman, agência de talentos dos Estados Unidos, anunciou que ampliará o seu ramo de atuação e terá um braço para atender o futebol feminino no país. A agência tem como principal foco de trabalho desenvolver estratégias, insights e ideias para talentos e marcas voltadas para as mulheres.

A empresa será responsável também por buscar parcerias com grandes empresas, permitindo assim com que a liga local tenha grandes recursos e destaque na mídia norte americana.

“Há uma oportunidade significativa para as atletas de atrair significativamente mais engajamento, marketing, conscientização e dinheiro”, disse Casey Wasserman, fundador da agência, em entrevista ao The New York Times.

Ainda na entrevista, Casey lembrou que a Wasserman representa mais da metade das jogadoras da seleção americana de futebol feminino, incluindo as craques Megan Rapinoe e Alex Morgan. Em outras modalidades, o portfólio conta com as estrelas Katie Ledecky (natação) e Hilary Knight (hóquei no gelo).

A Fundação Wasserman, também fundada por Casey, promete destinar aproximadamente US$ 1 milhão para financiar programas de caridade que visam incentivar o crescimento e o desenvolvimento de mulheres nos esportes.